Com single novo, Nick Cruz fala sobre a carreira e próximos projetos. Veja! Latinos Brasil | www.latinosbrasil.com

Com single novo na área, Nick Cruz fala sobre carreira e próximos projetos

Leia a entrevista completa e assista ao videoclipe oficial de "Então Deixa", novo lançamento do cantor

Depois de sua estreia na Warner Music Brasil, Nick Cruz lança “Então Deixa”. O single, que fala sobre um amor sem amarras e sem preconceitos, chega a todas as plataformas de streaming nesta sexta-feira (15/01). Esta é a segunda canção autoral do capixaba lançada pela gravadora. De maneira leve e descontraída, o artista transexual quis trazer a temática para o Janeiro Lilás, mês em que se comemora o Dia da Visibilidade Trans no Brasil (29 de janeiro).

Apesar da pandemia, o ano de 2020 trouxe muitas realizações para Nick Cruz. O jovem cantor lançou “Até de manhã”, sua primeira canção autoral com o selo da Warner Music Brasil. Desde a estreia no Youtube, o videoclipe da música já ultrapassou 800 mil visualizações.

Com single novo na área, Nick Cruz conversou com o Latinos Brasil e falou sobre a carreira e próximos projetos. Confira a entrevista:

Trajetória de sucesso

LB: No início da carreira você teve um pouco de dificuldade para conseguir apoio fonográfico. Do primeiro lançamento até a contratação pela Warner Music Brasil se passaram sete meses. Hoje já está lançando “Então Deixa”, o segundo single com a gravadora. O que essa trajetória significa para você?

Nick Cruz: É uma história da minha própria superação. Eu confiei na minha intuição e encontrei pessoas aleatórias que me ajudaram a chegar na Warner. Sempre me entreguei muito. Me sinto muito feliz e realizado. É ótimo ser reconhecido, principalmente na música. Ainda mais com a estrutura que tenho hoje.

Imagem: Divulgação

Novo single

LB: “Então Deixa” é uma composição autoral que fala sobre um amor sem amarras e sem preconceitos. Qual foi a principal inspiração para compor essa música?

Nick Cruz: Falei hoje que o amor é uma inspiração atemporal. Sempre estamos dentro de um rolê, conectado a algo ou a alguém. “Então Deixa” saiu do meu relacionamento atual. Estou namorando uma garota e, para ela, estar com alguém trans é algo novo. Acabo descrevendo isso na letra.

A música está disponível em todas as plataformas de streaming desde as 00h desta sexta-feira (15/01), já o clipe teve sua estreia no YouTube às 12h. Se ainda não conferiu o lançamento, assista agora ao videoclipe de “Então Deixa”:

Visibilidade trans nas músicas

LB: O lançamento do single foi escolhido pensando no Janeiro Lilás, quando o Dia da Visibilidade Trans no Brasil é celebrado (29 de janeiro). Você pretende sempre trazer algo relacionado a essa temática em suas músicas?

Nick Cruz: Pretendo sempre abordar isso nas minhas músicas. Eu tô num lugar bom de fala e preciso trazer mais visibilidade para outras pessoas trans se identificarem. Não só elas, mas também pessoas da comunidade. É muito importante fazer com que isso se normalize ao máximo. Eu sou um corpo como outro, sou um artista como outro.

De acordo com Nick Cruz, ele tem a intenção de trazer a cultura Vogue para o seu trabalho. O voguing surgiu nos anos 80 em Nova Iorque, tendo sido criado pela comunidade negra e queer.  O estilo se revolucionou ao longo dos anos e, desde então, acolhe e empodera. O nome do estilo de dança foi inspirado na “VOGUE”, já que os dançarinos reproduziam as poses das modelos que estampavam as páginas da revista de moda. As competições aconteciam não só pelos troféus, mas também pela house family. “Eu não cheguei a entrar em casas institucionais, mas fui acolhido por mães que apoiam pessoas que precisam de um lar”, comenta o cantor.

LB: E nesse dia 29, você pretende fazer algo especial para os seus fãs?

Nick Cruz: Pretendo trazer algum tema sim. Mesmo que meu alcance seja pequeno, acho importante visar nossa luta. Por isso, pretendo expor uma enquete ou algo do tipo. Tanto pessoas trans, quanto pessoas cis precisam de informação.

Estratégia para estar mais perto da música

LB: Você é do Espírito Santo, mas atualmente mora no Rio de Janeiro. Por que decidiu morar em outra cidade?

Nick Cruz: A Warner Music fica no Rio de Janeiro. Acabei vindo para o Rio para ficar mais perto da música e dos produtores daqui. Em Vitória eu não conseguia me desenvolver tanto. Foi uma estratégia para estar mais perto e fazer dar certo.

Inspirações e processo de criação musical

LB: Mesmo sendo representante do pop nacional, suas canções carregam sonoridades do rap, do trap, do funk e do hip-hop. Como funciona o seu processo de criação e produção musical?

Nick Cruz: Sou apaixonado pelo pop justamente porque dá para puxar outras vertentes ilimitadas. Dá pra fazer um mix, trabalhar cada uma de um jeito bem legal. Eu gosto de explorar outras áreas. Minha primeira relação com a música foi por causa da minha mãe. Com 12 anos, eu escrevia sobre temas que eram muito adultos (como bares etc). Então sempre gostei de brincar com as possibilidades e escrever.

LB: Em outra entrevista ao Latinos Brasil, você comentou que as suas principais inspirações são Gloria Groove e Justin Timberlake. Com essas referências, você caminha para se tornar um artista completo: que canta, dança e ainda atua nos clipes. Como você pretende explorar isso ao longo da carreira?

Nick Cruz: O bom de estar no Rio é que sempre tô conhecendo pessoas do ramo. Conheci um coreógrafo que já abriu portas na minha mente, é o Daniel Lourenço. A gente sempre tem na cabeça que quer dançar, cantar e atuar. Sempre tive uma raiz de dança, mas foi ele quem abriu essas portas para mim. Já tive contato com a dança antes, mas para trazer para dentro do clipe mesmo foi com ele. Foi pouco tempo, não foi uma super dança, mas adorei e pretendo continuar realizando mais ensaios.

Clipes que fazem sucesso no YouTube

Assim como o videoclipe de “Me Sinto Bem”, lançado em 2019, bateu mais de 1 milhão de visualizações no YouTube, o clipe de “Até de Manhã” está indo pelo mesmo caminho. De acordo com Nick Cruz, o retorno dos fãs tem sido uma realização. Agora com o novo single, o cantor espera alcançar ainda mais pessoas.

LB: O clipe de “Até de Manhã” já ultrapassou 800 mil visualizações no Youtube. Como você se sente em relação a isso?

Nick Cruz: Eu me sinto muito realizado. Porque, querendo ou não, é o primeiro trabalho com a gravadora. Esses números me inspiram de ver que em pouco tempo já consegui essa visualização e que tô nesse lugar de inspirar outras pessoas da comunidade. É ótimo ver que esse alcance tá chegando e já tem muita gente me procurando. É legal porque trocamos ideia. Antes eu não tinha muito contato com outras pessoas trans, ver a galera da comunidade me abraçando já é muito maravilhoso.

Se ainda não conhece, assista ao clipe de “Até de Manhã”:

O que esperar em 2021?

LB: Há algum projeto novo em andamento? Como um álbum ou EP?

Nick Cruz: Estamos trabalhando em novos singles e buscando novos ritmos. Já tem mais músicas prontas, mas ainda não há data de lançamento.

LB: Em 2021 você pretende fazer parcerias musicais?

Nick Cruz: Pretendo! Tenho quase certeza de que o single “Então Deixa” vai ser um divisor de águas na minha carreira. Espero alcançar mais pessoas e ganhar mais reconhecimento com ele.

Mas enquanto essas novidades não chegam, confira abaixo o clipe de “Me Sinto Bem”, sucesso de visualizações no YouTube:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *