RBD é o homenageado da semana no LatinosBrasil

O RBD é o primeiro grupo a ser homenageado no  #EspecialLB. O sexteto mexicano foi o vencedor da enquete em nosso twitter com 64 % dos votos. Então vamos relembrar um pouco sobre a linda história que o fenômeno construiu na década passada.

Em 2004, o produtor e compositor mexicano, Pedro Damián, adquiriu os direitos para fazer uma adaptação da novela argentina Rebelde Way, criada pela produtora Cris Morena, a mesma responsável pelos sucessos de “Chiquititas“, “Floricienta” e “Casí Angeles“. Sendo assim, no dia 4 de outubro daquele ano foi ao ar o primeiro capítulo do remake, intitulado de “Rebelde“. Esta data é até hoje comemorada pelos fãs e pelos integrantes que nomearam o dia como “Dia Mundial RBD”.

Rebelde foi uma telenovela mexicana produzida pela Televisa e exibida originalmente pelo Canal de las Estrellas sendo composta por 3 temporadas. O ultimo capítulo foi transmitido no dia 2 de junho de 2006. A trama narrava o cotidiano de adolescentes que estudavam em um colégio em regime de semi-internato, e enfrentavam os “dramas” típicos do período, como a descoberta do primeiro amor, os conflitos de autoimagem, o desenvolvimento de distúrbios alimentares, o relacionamento complicado com os pais, o bullying, drogas e o alcoolismo.

A história foi protagonizada por AnahíDulce MaríaAlfonso HerreraChristopher Uckermann, além de Maite Perroni e Christian Chávez,  que foram ganhando espaço no decorrer dos capítulos por fazerem parte do grupo RBD surgido dentro da história. O elenco também contou com Ninel CondeJuan FerraraEnrique RochaKarla CossíoTony DaltonDiego BonetaAngelique Boyer.

A novela mexicana acabou fazendo mais sucesso que a original, se tornando a mais bem sucedida, pois para quem não sabe, existem as versões na Índia, em Portugal, no Chile, e a brasileira que foi exibida na Record.

O grupo formado no enredo saiu da ficção e se tornou um dos maiores fenômenos pop mexicano no mundo. Suas músicas inicialmente se tornaram conhecidas por fazerem parte da trilha sonora da novela, dentre elas se destacaram: “Rebelde“, “Solo Quédate En Silencio“, “Sálvame” e “Nuestro Amor“.

O disco de estréia, que levou o mesmo nome da novela, foi lançado em dezembro de 2004. No ano seguinte, a novela que começou a ser exibida aqui no Brasil, e como o sucesso foi grande, as músicas ganharam versões em português cantadas pelos próprios integrantes do RBD, traduzidas por Cláudio Rabello.

As duas versões do CD venderam juntas 500 mil cópias em um mês, recebendo um disco de diamante no Brasil. O álbum Rebelde chegou ao mercado norte-americano, e ficou em segundo lugar da parada dos discos latinos. No total Rebelde vendeu mais de 2,7 milhões no mundo.

A primeira turnê do grupo rendeu o lançamento do CD e DVD Tour Generación RBD En Vivo. Ela  foi marcada por mais de 35 shows que incluíam as músicas do primeiro material fonográfico, além de medleys pop/rock que fizeram sucesso na década de 80.

Em outubro de 2005, foi lançado o segundo álbum, o Nuestro Amor. Ele marcou novos recordes,  pois na primeira semana foram vendidas 160 mil cópias. Nos Estados Unidos, o disco alcançou o 8º lugar da parada geral da Billboard por três semanase assim como o primeiro disco, ganhou uma versão em português intitulada de Nosso Amor Rebelde. No total foi atingido a marca dos 2,4 milhões em todo o mundo.

Em fevereiro de 2006, o RBD veio ao Brasil pela primeira vez para fazer divulgação do  primeiro disco, já que Nuestro Amor só chegaria pra gente no mês de março. Em São Paulo, o grupo iria oferecer no dia 4 de fevereiro, uma sessão de autógrafos no estacionamento de um supermercado Extra da zona sul. Segundo a organização do evento, eram esperadas 5 mil pessoas, mas o público foi superior.  Um palco foi improvisado, e na segunda música da apresentação começou um tumulto que resultou na morte de 3 pessoas, e 40 ficaram feridas. Em abril daquele mesmo ano foi lançado o CD e DVD acústico da banda, gravado em Los Angeles, intitulado Live in Hollywood. O material foi dedicado as três pessoas que faleceram na grande São Paulo.

A vida dos seis jovens eram mescladas entre gravações da novela com a agenda de shows, mas quando Rebelde chegou ao fim, o RBD se dedicou 100% a música e lançaram o CD Celestial, que assim como os outros ganhou a versão em português. Na sequência lançaram o CD Rebels, sendo o primeiro em inglês do grupo, o material conta com algumas versões, e também temas inéditos, foi este álbum o responsável por levar o som dos mexicanos a França e Japão, onde recebeu uma edição especial chamada de We Are RBD. Em seguida veio o CD Empezar desde Cero, que exibiu uma grande evolução no estilo do grupo, com músicas, arranjos e vozes mais maduras, sem contar com as composições próprias de Alfonso Herrera, Dulce Maria, Christopher Uckermann e Maite Perroni.

O conjunto foi indicado ao Grammy Latino 2006 como Melhor Álbum Pop Por Grupo ou Dupla. Em setembro de 2006, voltaram ao Brasil, sendo considerado na ocasião a maior turnê de um artista internacional no país, 13 apresentações em 12 cidades, sendo elas Manaus (20/09), Belém (21/09), Fortaleza (22/09), Goiânia (23/09), Brasília (24/09), Recife (27/09), Vitória (29/09), Belo Horizonte (30/09) Porto Alegre (03/10 e 04/10), Curitiba (05/10), São Paulo (07/10) e Rio de Janeiro (08/10) onde realizaram um show para mais de 50 mil pessoas no estádio do Maracanã, posteriormente lançado no DVD Live In Rio.

Após isso foi dado inicio as gravações do sitcom RBD: La Família. O seriado mostra o cotidiano do grupo misturando ficção e realidade. Lançado inicialmente na TV a cabo mexicana com uma temporada de 13 capítulos, Pedro Damián prometeu uma segunda temporada, mas ela nunca aconteceu.

Em abril de 2007, o RBD iniciou uma nova turnê, não só pela America Latina, mas também incluindo alguns países da Europa, como Romênia e Espanha, onde gravaram o terceiro disco ao vivo , Hecho En España, que foi gravado en Madrid.

Eles foram realmente um fenômeno, a marca RBD e Rebelde esteve presente em todas as partes como brinquedos, revistas, material escolar, produtos de perfumaria, roupas, e etc. Naquele ano eles foram convidados por Donald Trump para realizar 3 músicas no Miss Universo 2007 na Cidade do México. No evento o grupo realizou um medley de “Wanna Play”“Carino Mio” e “Money Money”.

O conjunto obteve três indicações no Premios Oye!, e ganharam todas. Esse prêmio é o mais importante da indústria musical mexicana, eles receberam os prêmios nas categorias “Artista Revelação do Ano“, “Álbum Pop do Ano” e “Melhor Álbum Pop Vendido do Ano“.O grupo também foi nomeado 16 vezes ao Billboard Music Awards e venceu onze prêmios. A primeira indicação recebida foi em 2006, na categoria “Canção Latina do Ano” pela canção “Solo Quédate En Silencio”.

Mas não tem como falar de prêmio e não lembrar dos Prêmios Juventud,  que são atribuídos pelo canal de televisão americano Univisión  para as celebridades latinas, ou que falam em castelhano na área do cinema, música, esporte, moda e cultura pop. Durante toda existência do RBD eles levaram 24 estatuetas do PJ. O  último prêmio da banda foi recebido em 2009 na categoria “Turnê Latina do Ano”. Até hoje, nenhum artista conseguiu em pouco tempo receber tantos prêmios como o RBD. Foram ao total 180 recebidos em quatro anos.

Em 15 de Agosto de 2008, o RBD anunciou o encerramento de suas atividades e em novembro, concretizou-se a despedida da banda, fazendo sua última turnê mundial chamada Tour Del Adiós. O sexteto passou pela Argentina, Colômbia, Venezuela, Equador, Paraguai, Chile, Brasil, Estados Unidos, Equador, Peru, Eslovénia, Servia, e realizando seu último show em Madri, Espanha no dia 21 de dezembro.

No ano seguinte, como presente ao público foi lançado o álbum Para Olvidarte de Mi, sendo este o último disco, e em edição limitada,  já que só foram disponibilizadas 40 mil cópias em cada país. Infelizmente não tivemos o RBD  trabalhando os temas, e só tivemos as músicas gravadas em estúdio mesmo.

Eles cantaram pelo mundo com grande êxito, visitaram em quatro anos mais de 285 cidades, venderam mais de 50 milhões de álbuns. O grupo atingiu um sucesso considerável marcando uma geração inteira, quebraram recorde da banda Rolling Stones em número de fãs que mais lotaram o estádio LA Memorial Coliseum nos Estados Unidos, e na Romênia da banda Green Day, em número de CDs mais vendidos. Mesmo após 9 anos do término do grupo, possuem fãs fieis. Rebelde trouxe 6 estrelas que hoje possuem luz própria, e que está longe de ser apagada. Como Alfonso Herrera diz, o RBD só vai realmente acabar quando o último coração rebelde parar de bater, e é por isso que eles estão aqui no Especial LB.  Quem pensa que essa história chegou ao fim está muito enganado, pois a vida dos rebeldemaniacos se tornou uma verdadeira novela mexicana especialmente depois que o grupo se separou, e você pode conferir o motivo clicando aqui.

O nosso especial acaba aqui e esperamos que tenham gostado. Voltamos no próximo sábado com mais uma matéria super especial. Nos acompanhe nas redes sociais para votar no seu artista favorito em nossas enquetes toda quinta-feira no Twitter

 

Avatar

Formado em jornalismo, amante de séries e filmes. Ouvinte de música latina e sertaneja. Pacífico e observador.