B.O Temporário: conversamos com WC no Beat e Bibí, do Reik Latinos Brasil | www.latinosbrasil.com

Reik e WC no Beat falam sobre o single “B.O Temporário”

Na sexta-feira 13 de novembro, nós do Latinos Brasil, conversamos com o Bibi Marin do Reik e com o WC do Beat sobre o single “B.O Temporário“, música em que colaboraram juntos e que teve seu videoclipe lançado no início do mês. “B.O Temporário” além da participação de Reik conta ainda com Dilsinho e Felp 22.

WC do Beat disse que a sensação que ele teve com o videoclipe lançado foi como ver um filho mais velho saindo de casa. “Me sinto muito orgulho, ainda mais com essas colaborações e com um som tão bacana. Pô, em ‘B.O Temporário’, a gente conseguiu misturar tantos ritmos bacanas, artistas tão talentosos, grandes, sabe? Isso é muito importante, tanto pra cena, pro funk… trazer também um pouco da cultura mexicana pra cá e a gente poder levar o som daqui pra lá, também. Fazer essa conexão… pra gente isso é o mais importante. Eu fico muito feliz de ter essa colaboração toda, esse carinho todo que eu recebi da galera do Reik… sensacional!”, comentou logo de início.

Na mesma linha de trabalho muito bem feito e entregue com muito carinho, Bibi disse que o Reik teria preferido participar pessoalmente, visto que, por conta da pandemia do COVID-19 o processo de gravação, tanto da música, quanto do videoclipe aconteceu remotamente; e já soltou aquilo que eu como boa fã raiz da banda mexicana, sonhava em ouvi-lo dizer: “é uma grande oportunidade, não só por poder conhecer pessoas tão talentosas, mas uma oportunidade de poder entrar no mercado brasileiro, que sempre foi uma dessas metas que a gente nunca conseguiu cumprir, então esperamos poder avançar nisso.

Sobre a oportunidade de gravar com brasileiros, o mexicano falou: “WC é um excelente exponente desse estilo novo que agora toca não só na América Latina, e sim no mundo todo. É uma mistura muito interessante, de algo muito urbano, um pouco de trap, um som muito moderno. A gente gosta muito de experimentar, não fizemos isso pessoalmente, mas é uma colaboração que combina muito entre todos os músicos”.

E claro que eu não poderia deixar de mencionar o fato de que Reik voltou à cantar baladas românticas depois de muitos reggaeton’s lançados anteriormente. Ao que Bibi respondeu:

“Quando começamos a entrar no som urbano, pudemos notar que alcançamos os maiores números da nossa carreira, e chegamos à um monte de lugares novos, e fomos ‘novidade’ em diferentes países, e muitas coisas começaram a ocorrer pra gente que não tinham acontecido antes. Mas havia um monte de pessoas que nos escreviam todo o tempo perguntando: ‘quando vão voltar às baladas’, ‘quando vão deixar de cantar música urbana’, ‘sentimos falta do som pop’ e coisas assim, né? Mas, na verdade, eu acredito que o som pop atual é urbano. É o pop que está tocando no mundo todo, graças à influência latina em geral. Então, para nós, é muito importante também, fazer o esforço de seguir vigentes. Acho que se tivéssemos continuado fazendo exclusivamente baladas, teríamos ficado presos no passado, né? Em coisas que já não se escutam mais tão forte como era antes. Mas isso não significa que nunca mais vamos cantar baladas. Mas, esse som pop, para nós significa que podemos ir e vir entre diferentes estilos, diferentes gêneros. Experimentamos com o urbano, vamos continuar fazendo, mas os outros sons do Reik de antes, continua.”

Os dois artistas falaram muitas coisas legais, novas, e prometeram responder a nossa última pergunta, que deixou eles pensativos, muito em breve. Mas para vocês saberem qual foi essa pergunta, terão que assistir a entrevista na íntegra a seguir. Espero, de coração, que gostem, pois eu amei!

Confira na íntegra no IGTV do Latinos Brasil:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *