Saiba tudo o que rolou no Prêmios GQ Hombres del Año 2019 no México

Fonte: Site GQ México | Tradução: Ricardo Alexandre

Há 12 anos, nasceu um formato que, com o tempo, se estabeleceu como uma das noites de galas mais esperadas. O GQ Hombres del Año , que premia e comemora o trabalho de homens e mulheres do México, América Latina, cujo trabalho deixou um impacto positivo e uma marca indelével na sociedade, chega em sua edição de 2019 , premiando e dando destaque a essas personalidades que transformaram nossa realidade.

E que melhor lugar para realizar a décima segunda parcela, do que o Fronton da Cidade do México , que, com sua faceta recentemente renovada, usou todo o seu esplendor e recebeu vencedores e convidados especiais, que se reuniram a tempo, para fazer parte do Black Carpet, que foi escoltado por um caminhão Volkswagen Tiguan, com muito luxo e glamour.

Um dos primeiros a chegar foi Luis Gerardo Méndez , nosso GQ Vacheron Constantin, um dos poucos prêmios Man , que estava empolgado em receber esse reconhecimento de uma instituição de moda masculina como a GQ México e a América Latina . Irene Azuela , Tony Dalton e Joaquín Cosío também estiveram entre os que inauguraram o Tapete Preto . Da mesma forma, convidados como Alberto Guerra , Fabiola Campomanes , Ale Guilmant , Ari Borovoy , Kalimba , Luis Ernesto Franco, entre muitos outros, desfilaram pelo tapete e deram tempo para conversar com a imprensa que era expectante para cada um dos participantes.

Uma vez lá dentro, faltavam saudações entre aqueles que não se viam há muito tempo. Foi assim que vimos Emiliano e Sebastián Zurita conversando animadamente com Zuria Vega , e Ari Borovoy conversando com Kalimba – embora certamente não tenha acontecido muita coisa entre eles, uma vez que eles não se abraçaram. Carolina Miranda e Gabriel Coronel , como motoristas digitais da noite, não hesitaram em abordar várias celebridades para pedir seus sentimentos de fazer parte desta décima segunda parcela. Por volta das 21:30 todos os participantes foram convocados para se mudarem para um espaço instalado anteriormente para a ocasião, com um estágio radiante que homenageou ocódigo de vestimenta da gala: preto e branco , e isso nos levou a lembrar a grande era dourada do cinema mexicano. Alguns minutos depois, Macarena Achaga e Diego Boneta , os pilotos do evento, que foram recebidos pelo público com aplausos de pé , apareceram .

“TODOS NO MÉXICO ME TRATARAM COM HOSPITALIDADE E CARINHO, ME FAZEM SENTIR EM CASA” – SEBASTIÁN YATRA, PRÊMIO GQ LATIN SINGER.

O primeiro a subir ao palco foi Javier Pascual del Olmo , presidente da Condé Nast México e América Latina , que deu algumas palavras de boas-vindas aos participantes. Então, o bastão caiu nas mãos de Urbano Hidalgo , que fez um discurso no qual destacou a importância de todos os vencedores no cenário social e o que significa ser um GQ Man Award nesses tempos.

Então, cada uma das decorações subiu ao palco para receber seu prêmio e entregar algumas palavras de agradecimento. O primeiro prêmio foi para Luis Gerardo Méndez , Prêmio GQ Vacheron Constantin Man “Um dos poucos” , que ficou muito agradecido e, em seu discurso, pediu para não esquecer o Caso Ayotzinapa cinco anos após o evento. Depois foi a vez de Belinda , Los Angeles Angeles e Horacio Palencia , que receberam o prêmio de Canção do Ano por “Amor à primeira vista” . José María Yazpik foi premiado como novo diretor e enfatizou que é o primeiro prêmio que lhe foi concedido em seu papel de diretor: “Vou mantê-lo com amor”, disse ele no final de seu discurso.

“A MÚSICA SE TORNOU MINHA VIDA, MAS TAMBÉM ME PERMITIU CONHECER O MÉXICO, CONECTAR-ME COM MINHAS RAÍZES, COM MEU POVO. NOSSO BELO PAÍS ESTÁ FRATURADO, MAS EU QUERO CANTAR PARA VOCÊ PORQUE ESSA É MINHA ARMA E MEU PODER, POIS ESTOU EM ESTE MUNDO “- NATALIA LAFOURCADE, PRÊMIO GQ AO CANTOR MEXICANO DO ANO.

Depois, foi a vez de Sebastián Yatra – cantor latino do ano – e Tony Dalton – protagonista do ator – que ficaram muito empolgados em receber o prêmio. Quando ele subiu ao palco para receber seu prêmio como atriz de teatro , Irene Azuela enfatizou a importância de continuar apoiando o cartaz mexicano: “Neste país há uma grande produção teatral, o que é necessário é apoiá-lo, do governo, para o público, por iniciativa privada. Comecei minha carreira no palco, viva o teatro “. Loreto Peralta e Luis de la Rosanão deixaram de esconder a emoção de serem condecorados como atores de revelação , enquanto Joaquín Cosío soltou uma salva de palmas dos assistentes ao receber seu prêmio como ator mexicano , além de Nuria Diosdado , Aída Román e Iván García , que, em nome dos medalhistas mexicanos dos Jogos Pan-Americanos , eles foram homenageados com o Prêmio Nacional de Esportes .

O programa continuou com Mariana Zaragoza , Modelo Mexicano do Ano ; Noah Mills , modelo internacional de 2019 , e Eduardo Sarabia , artista plástico do ano . “Eu represento o Cone Sul. Deixei meu país para trabalhar em Elite , um projeto que mudou minha vida. Agora estou convencido de que contar histórias que modificam e permitem curar vidas são os personagens que quero interpretar. Danna Paola, essa é para você “, disse Jorge López quando recebeu seu prêmio como ator internacional ; enquanto Adria Arjona destacou o lugar que o México ocupa em sua carreira: “Eu disse minhas primeiras palavras neste país e recebo meu primeiro prêmio aqui. É uma grande honra.”

O penúltimo prêmio foi para o elenco de El Juego de las llaves.  Maite Perroni , Fabiola Campomanes , Ela Velden , Sebastián Zurita , Hugo Catalán e Humberto Busto subiu ao palco para receber o prêmio Series do ano . “Continue jogando para fazer parte deste jogo das chaves, para se encontrar. Deixe haver muito sexo para todos!”, Desejou Perroni a todos o público. Para encerrar com sucesso, Kate del Castillo recebeu o GQ de melhor atriz, por sua performance na série. “É importante lembrar quem somos mexicanos, quem somos latinos. Tenho orgulho de estar no México”, disse a protagonista de La Reina del Sur .

“QUE ALÍVIO ESTAR NO MÉXICO E NÃO SE SENTIR PERSEGUIDO” – KATE DEL CASTILLO, PRÊMIO GQ COMO ATRIZ PRINCIPAL EM SÉRIE.

A cerimônia teve dois grandes números musicais, o primeiro de Alex Fernández , que novamente deixou claro que o nome mais importante da música vernacular percorre seu sangue; o outro, de Sebastián Yatra , que encerrou a cerimônia e levantou todos do seu lugar com um medley urbano que não deixou ninguém indiferente.

Sebastian Yatra

© Vicky_Reyes

Após a entrega, os vencedores e os convidados foram para uma sala onde aguardavam uma festa musicalizada por Lemarroy e na qual as bebidas – para brindar todas as conquistas de nossos vencedores – eram realizadas pelas cervejas Tequila Maestro Dobel e Stella Artois .

Assim, o verdadeiro talento foi reconhecido novamente, agora com a gala do GQ Men of the Year Awards 2019.

Avatar

Formado em jornalismo, amante de séries e filmes. Ouvinte de música latina e sertaneja. Pacífico e observador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *