Latinos Brasil: Você ficou mais conhecido no Brasil após a repercussão das #LivesDoMassa, onde você entrevista atores de novelas mexicanas que estão sendo ou já foram transmitidas aqui. Como foi que começou isso?

Rodrigo Massa: A Iris Tamires, administradora da página Novelas Mexicanas, entrou em contato comigo por causa de um vídeo que eu gravei para o canal Febre Mexicana. Conversando com ela eu comentei que muita gente me escrevia perguntando como eu fiz para entrar no CEA (a oficina de atores da Televisa), como são as audições, os requisitos, etc… aí eu propus fazer uma live na página dela para responder todas as perguntas. A live fez bastante sucesso. Foi aí que eu pensei, e se eu aproveitasse esse espaço com tantos fãs de novelas mexicanas para começar um novo projeto? Poderia fazer entrevistas, brincadeiras e aproximar os fãs brasileiro dos seus ídolos mexicanos! Fiz um teste com o Horácio Pancherie a live bombou. Aí eu me animei, criei a tag #LivesDoMassa, inventei a tradição do autógrafo na bandeira no final da entrevista e acabou até rolando uma parceria com o SBT que começou a publicar as minhas entrevistas no site e nas redes sociais do canal.

Latinos Brasil: E lá no início imaginava que alcançaria todas essas pessoas que atualmente você alcança?

Rodrigo Massa: Não, pra mim foi uma surpresa muito bacana! Quando comecei a ver essa leva de seguidores brasileiros nas minhas redes sociais eu me emocionei muito. Sempre tive muitos seguidores do México e de vários outros países da América Latina, mas nunca do meu próprio país. Quando eu vi que o meu trabalho começou a ser reconhecido na minha terra foi uma satisfação imensa.

Latinos Brasil: Pode nos contar alguma história de bastidores das lives para nos contar?

Rodrigo Massa: Quando eu fiz a live com o Horácio Pancheri e a Paulina Goto eu achei muito bonitinho como ela estava toda preocupada colocando enfeites na mesa, o quadro da novela na parede, perguntando se dava pra ver as velas que ela estava colocando… inclusive quando comecei a live ainda dá pra ouvir a voz dela falando “isso aqui dá pra ver?”. Aí eu fiquei todo sem graça porque a gente tinha planejado começar brincando que eu cheguei atrasado e ela teve que ir embora então e eu não sabia como falar pra ela “Paulina fica quieta que a gente já começou!” (risos)

Ensayando #CreoEnTuAmor con @paulinagoto y @gmassamo ayer antes del live

A post shared by Rodrigo Massa (@soyrodrigomassa) on

Latinos Brasil: Você foi para o México atrás de novos ares e oportunidades. E uma dessas oportunidades foi a série La Piloto, certo? Como é participar dessa série?

Rodrigo Massa: Eu amei! Sempre que eu assistia filmes de ação eu pensava “será que algum dia eu vou poder fazer alguma coisa assim?”. E agora aí estou enfrentando a máfia russa, usando armas e fazendo cenas muito diferentes de tudo o que eu já fiz antes. Além do mais viajamos muito durante as gravações e eu amo viajar e conhecer novos lugares!

Latinos Brasil: Como é seu personagem?

Rodrigo Massa: O Aldo Tapia é um agente da DEA, a divisão policial americana que combate o tráfico de drogas. Ele é muito sério, discreto, profissional e sempre muito fiel ao seu parceiro, o Dave Mejía (Juan Colucho). A gente nunca fica sabendo nada realmente da vida pessoal dele, quando ele está trabalhando ele está focado só no trabalho e ponto.

LB: É difícil atuar em um idioma que não é o seu?

Rodrigo Massa: Eu já me acostumei. Aliás eu acho que para mim seria mais difícil atuar em português. Depois de doze anos morando no México pra mim é mais natural falar espanhol do que a minha própria língua. Inclusive quando eu faço as lives eu tenho que me concentrar muito quando falo português. Eu sempre acabo esquecendo palavras ou misturando palavras em espanhol.

Latinos Brasil: Outra oportunidade foi ser um dos brasileiros escolhidos para fazer parte de Like, nova novela da Televisa, e que está sendo bastante comentada aqui no Brasil por causa das comparações com Rebelde.  Como foi esse processo para ser parte dessa produção?

Rodrigo Massa: Eu recebi uma ligação da Ceci de la Cueva, uma grande amiga minha que é atriz, cantora e que também está no elenco de Like. Ela me falou que estavam procurando um brasileiro para  fazer o pai do Thiago (Flávio Nogueira). Eu tive uma reunião com o diretor na qual ele me pediu para falar em português e cantar uma música. Aí eu fiquei sabendo que esse personagem não ia mais existir, mas eles queriam fazer um teste de câmera para ver se eu encaixava em outro. Fui ao estúdio, o Pedro Damián me fez três perguntas e cinco minutos depois me falaram “bem-vindos a Like”. Eu achei muito engraçado porque geralmente nos testes da Televisa você tem que fazer um monólogo ou uma cena com alguém. Mas aqui foi diferente, eles se baseiam na trajetória e na vibe de cada ator para decidir com quem eles querem trabalhar.

Rodrigo Massa e Flávio Nogueira | Facebook Oficial

Latinos Brasil: Pode nos contar um pouco do seu personagem?

Rodrigo Massa: O nome dele é Richie Comanche. Sua descrição oficial diz que ele é um Conselheiro Energético em Pluripedagogia Nível Bengala. Ele é um palestrante famoso pelos seus cursos de superação pessoal e autoajuda. Ele é muito zen, adora filosofar, quando alguém não sabe o que fazer ele não dá um conselho claro e direto mas sempre solta um provérbio enigmático e confuso que a pessoa tem que descifrar para encontrar a saída. Então é claro que muita gente acha ele chato e inconveniente.

Latinos Brasil: O que o Rodrigo Massa tem do seu personagem em Like, e o que personagem tem do Rodrigo Massa?

Rodrigo Massa: Temos algumas coisas em comum. Não muitas. Mas algumas sim. O Richie é muito empático. É um bom ouvinte. Ele é muito tranquilo, muito zen, mas se alguém trata ele mal e ele não está tendo um bom dia ele vai retribuir e vai ser grosso com essa pessoa também. Ele é um pouco imprudente às vezes. Ou seja, sem noção (risos). E ele sempre acha que é o dono da verdade. Digamos que eu sou um pouco teimoso também quando eu juro que estou certo…

Latinos Brasil: E histórias dos bastidores de Like, pode compartilhar alguma com a gente?

Rodrigo Massa: Muitas! O Bernardo Flores sempre está contando piadas e fazendo todo mundo dar risada. A Ana Iriyama está me ensinando japonês (uma frase por dia, já falei que até o final das gravações vou conseguir ter uma conversa completa com ela). Mas a minha favorita foi quando apareceu o Maluma na Televisa e só dava a Zoraida Gómez correndo que nem louca pelos corredores procurando ele pra tirar uma selfie. E eu achei muito engraçado, tanta gente que é fã de Rebelde e que sairia correndo pra tirar uma foto com ela né… pra vocês verem que os seus ídolos também são fãs!

Latinos Brasil: Existem atores de vários países em Like, como está sendo trabalhar com essa diversidade de personalidades e culturas?

Rodrigo Massa: É uma loucura. A gente escuta sotaques de tudo quanto é canto. Uma hora eu estou falando português com o Flávio, aí aparece o Mau com o sotaque peruano dele, depois viro e começo a praticar japonês com a Anna… e o engraçado é que tudo é tão natural! O nosso grupo já virou uma engrenagem que funciona com perfeição e onde todos se integram facilmente. É como uma família com irmãos e irmãs de catorze nacionalidades diferentes. E todos os dias aprendemos algo diferente. Aliás eu e o Flávio já ensinamos várias palavras, expressões e músicas em português para os nossos companheiros. E eles adoram!

Agência México

Latinos Brasil: E voltando a falar de Rebelde, como você enxerga essa comparação de Like com Rebelde? Como vocês atores da nova produção estão lidando com isso?

Rodrigo Massa: Tem muito fã que sai escrevendo comentários furiosos nas redes sociais falando que somos uma imitação mal feita e que Rebelde é insuperável. Mas eu acho que as pessoas deveriam abrir seus corações à possibilidade de se apaixonar por novas histórias, novos personagens e novas músicas que vão marcar uma nova geração das novelas juvenis. As comparações são inevitáveis quando se trata de produções com formatos similares. E ser comparados com um fenômeno como Rebelde é uma responsabilidade muito grande! A nossa aspiração é criar uma história que consiga gerar grandes emoções e essa sensação de “quero mais”, como acontecia quando assistíamos Rebelde. E só o tempo vai fazer com que as pessoas atribuam a Like os seus próprios méritos, reconhecendo que é uma proposta diferente com os seus próprios encantos.

Latinos Brasil: Mas afinal Like é ou não é um remake de Rebelde? Ou é uma homenagem a essa telenovela que marcou tantas pessoas?

Rodrigo Massa: Não é um remake! Entendemos a confusão. Temos o mesmo produtor, a mesma equipe e até alguns atores também. Mas a história não tem nada a ver com Rebelde. Eu não considero que “homenagem a Rebelde” seja a descrição mais adequada, mas podemos afirmar que é uma novela feita por pessoas que aprenderam muito vendo ou trabalhando em Rebelde, que sentem uma admiração imensa por tantas conquistas e sempre estarão orgulhosos por ser parte da geração Rebelde. E com toda essa bagagem estamos prontos para contar uma nova história.

Latinos Brasil: Como você disse, muitos trabalharam em Rebelde. O Christian Chávez, por exemplo, era aluno em Rebelde, e agora é professor, assim como a Zoraida Gómez e a Karla Cossio. Como é trabalhar com eles e com essa leva de novos atores?

Rodrigo Massa: É uma emoção inexplicável. Eu era fã de Rebelde. Aprendi espanhol assistindo a novela. Então imagina a minha felicidade de contracenar com essas pessoas que eram parte de um mundo de fantasia tão distante pra mim há 13 anos. E eles são todos um amor. O Christian eu já conhecia faz um tempo e ele sempre tem um carinho muito especial pelos brasileiros. A Zoraida, vocês não têm ideia de como ela é humilde e super acessível. Fiz uma live com ela alguns dias atrás e acho que deu pra ver um pouco dessa simplicidade dela. A Karla eu ainda não conheci mas com certeza não vai demorar para acontecer. E os atores novos são maravilhosos! Eles têm uma energia, uma alegria contagiante, tudo pra eles é novo e fascinante então a vibe no estúdio é sempre muito positiva.

Latinos Brasil: E como é trabalhar com o Pedro Damián, produtor bastante reconhecido no México, e sua equipe? Tem alguma história para nos contar dos momentos de gravações?

Rodrigo Massa: O Pedro é um gênio. É uma pessoa visionária e o melhor produtor de conteúdo juvenil no México. É um fato bastante conhecido aqui na Televisa que a energia nas produções dele é muito diferente. Ele é budista e cuida muito disso. Nas produções dele não tem brigas, gritos e é tolerância zero pra qualquer falta de respeito. Antes de começar a gravar tivemos uma missa budista onde nos falaram sobre inclusão, equilíbrio e gratidão. O Pedro trouxe um monge do Butão chamado Tenzin Khendrab. Ele nos explicou que a simplicidade, a meditação e espiritualidade são alguns dos motivos pelos quais o Butão é um dos países mais felizes do mundo, e benzeu não só o elenco e a equipe mas todo um diâmetro de 3 km ao redor da Televisa!

Agência México

 

Latinos Brasil: A música é outra paixão sua, você vai cantar também em Like?

Rodrigo Massa: Não. Mas continuarei lançando os meus singles por fora, aliás já gravei o próximo com o Güido Laris, produtor musical do RBD, e daqui a três semanas gravaremos o clipe.

Latinos Brasil: Ah, que legal. Como vai ser essa música, quando poderemos ouvi-la, pode nos dizer alguma coisa?

Rodrigo Massa: A música já está pronta. A gravação do clipe vai ser dia 12 de agosto. Já sabem como é o desafio do segundo single, né? O primeiro teve uma aceitação muito boa, um bom número de visualizações e gerou polêmica, então a nossa missão é lançar um segundo single que esteja à altura de Acabo De Soñar Contigo e não decepcionar ninguém. E até agora as pessoas que já escutaram a música nova dizem que está à altura da anterior. Que conseguimos superar!! A melodia é linda, contratei músicos de orquestra sinfônica, a produção musical do Güido é impecável e o clipe também vai ter uma história incrível, uma protagonista muito top e muitas surpresas! O lançamento vai ser no final de setembro.

Latinos Brasil: Estaremos atentos ao lançamento. Mas você prefere a música ou a atuação? As duas coisas se complementam?

Rodrigo Massa: Se eu tivesse que escolher eu escolheria a atuação. Mas sim, as duas coisas se complementam perfeitamente. Como cantor, a atuação é importante cada vez que eu gravo um clipe ou subo num palco e quero expressar tudo o que eu estava sentindo quando escrevi cada uma das minhas músicas. E se eu não fosse cantor eu não teria conseguido papéis teatrais importantes em musicais como Mentiras, Verdad o Reto e Ayolante, três peças que marcaram muito a minha carreira.

Latinos Brasil: Se você recebesse um convite para atuar no Brasil, voltaria ao seu país de origem?

Rodrigo Massa: Claro! Eu morro de vontade de atuar no Brasil. Espero que Like abra as portas que eu preciso para poder realizar esse sonho e fazer uma novela, uma série, um filme ou até apresentar um programa no meu próprio país.

Latinos Brasil: Qual sua referência no mundo da atuação?

Rodrigo Massa: No mundo da atuação, sempre admirei muito a técnica e o estilo dos espanhóis. O Álvaro Morte e o Pedro Alonso por exemplo, de A Casa de Papel, são dois atores simplesmente fantásticos que eu admiro muito.

Latinos Brasil: E no da música?

Rodrigo Massa: No mundo da música tenho referências de muitos lugares diferentes. Adoro explorar a produção musical de países como Suécia, Eslováquia, Rússia, Alemanha, França, cuja música está longe de ser mundialmente conhecida mas esconde tesouros como Andreas Johnson, Tomi Popovič, Serebro, Nena e Kyo, grandes artistas que invadiram a minha playlist.

Latinos Brasil: Você tem uma relação muito bonita com os fãs brasileiros e inclusive esteve aqui ano passado e fez um encontro com alguns sortudos. Como é para você receber esse carinho?

Rodrigo Massa: Eu já viajei por muitos países e nunca encontrei fãs como os brasileiros. É uma paixão intensa, uma demonstração constantemente explosiva de amor e apoio. Eles colocam a camiseta do time mesmo. Então se somos fãs do Rodrigo Massa estamos com ele até o fim. E aí eu vejo a galera divulgando os meus novos projetos, compartilhando, pedindo likes, escrevendo pros artistas da Televisa para me ajudar a conseguir as lives… e com uma atitude de “isto não é hobby, é trabalho”! E um trabalho que eles levam muito a sério. Não dá pra explicar a enchente de amor no meu coração cada vez que eu vejo tudo isso. Sinto muito agradecimento e ao mesmo tempo é uma frustração danada porque eu sinto que nada do que eu faço é suficiente pra retribuir tanto carinho. Queria sair viajando de país em país e não parar enquanto não der um abraço bem forte em cada um dos meus fãs.

Latinos Brasil:  Também tem recebido esse carinho dos mexicanos?

Rodrigo Massa: Sim. Quando eu comecei a fazer teatro foi que eu percebi que os fãs daqui também são muito carinhosos. Sempre me esperavam na saída pra me dar presentes, tirar fotos e me encher de beijos! E eu me recusava a ir embora enquanto não dava um abraço em todo mundo. Eles são mais discretos e tranquilos, não são de chegar na gente gritando e chorando. Mas também são uns amores. Tinha gente que gastava um dinheiro danado pra me ver na mesma peça todo fim de semana!

Latinos Brasil: Uma pergunta um pouco complicada, mas diferente das de sempre. Tem alguma pergunta que nunca te fizeram e você gostaria de aproveitar este momento para desabafar e responder?

Rodrigo Massa: Nunca me perguntaram se eu tenho alguma mania estranha. E eu tenho tantas!! Mas a mais esquisita é que eu começo a arrancar a minha barba quando estou muito estressado. Isso chama tricotilomania. Eu começo a arrancar sem perceber aí quando eu vejo eu estou com um buraco no meio da barba e tenho que ficar tampando com maquiagem para poder gravar.

Latinos Brasil: E qual pergunta você já está cansado de responder? rs

Rodrigo Massa: E tem algumas sim que eu já perdi a conta de quantas vezes eu já respondi em entrevistas, lives ou em conversas da vida mesmo: “como eu vim parar no México”, “como faz para entrar no CEA” e “como eu fiz para falar espanhol sem sotaque brasileiro”. Aliás esta última acho que é a pergunta que eu mais escuto na minha vida depois de “tudo bem?”.

Pingue-pongue: 

Brasil: Saudade

México: Sonhos

Like: Surpresas

La Piloto: Marcante

Uma atriz com quem gostaria de contracenar: Silvia Navarro

Um ator: Wagner Moura

Uma série:  Friends

Uma novela que marcou sua infância: Carrossel

Uma música: Alma Gemela – Fey

Um cantor: Luan Santana

Facebook Oficial

Acompanhe o Rodrigo Massa nas redes sociais: