Como na frase de Clarice Lispector diz: “Ignore, supere, esqueça. Mas jamais pense em desistir de você por causa de alguém“. Essa reflexão faz muito sentido, e a Maite Perroni está aí como prova de que se você levar em consideração essa frase motivacional, com certeza terá sucesso naquilo que almeja.

A cantora mexicana, em uma entrevista realizada em 2014, desabafou sobre as críticas pesadas que sofreu no início da carreira. Diziam que ela nunca seria protagonista em um projeto, que sua carreira seria passageira, e que lhe faltava personalidade.

Palavras pesadas que lhe feriram, mas que serviram de compromisso para demonstrar o quanto essas pessoas estavam erradas. E olha, ela conseguiu.

Os anos se passaram, e Maite Perroni se tornou uma das figuras mais influentes e importantes do mercado latino. Tanto na área da atuação, como na música, com sua humildade e dedicação no trabalho, tem se mantido em uma carreira sólida.

Hoje são 6 personagens no qual foi protagonista, uma coleção de prêmios como atriz, consolidação nos charts, e um desempenho absoluto no Youtube. A prova mais recente é o clipe “Loca“, no qual teve a colaboração da dupla colombiana Cali & Dandee, que com um pouco mais de 24h, alcançou seu primeiro milhão de visualizações. Fato inédito na carreira da estrela, sendo a melhor estréia de uma ex RBD.

Será que “Loca” será o novo “Tu y Yo“? O motivo da comparação é o êxito que os dois clipes possuem. O primeiro single da cantora em carreira solo, basta piscar os olhos e pronto, já temos mais um milhão de views somados. Atualmente Tu y Yo tem acumulado 77 milhões de visualizações… ou não né, corre lá, as vezes já são 78.000.000.

Mas voltando a falar do hit atual, que convenhamos foi uma escolha certeira; desde o lançamento tem grudado na cabeça da galera. A letra viciante e o ritmo faz com que o resultado do trabalho não fosse outro. O Reggaeton nunca esteve tão em alta, o gênero simplesmente parece ter conquistado o mundo.

O single foi lançado no dia 12 do mês passado, sendo assim os fãs tiveram que esperar quase um mês para conferir o clipe que foi gravado em abril em Los Angeles. Os seguidores da morena não só esperaram, mas também fez da música ser uma das mais reproduzidas no Spotify, na verdade o feito não foi só dos fãs, mas  também de um novo público que o hit conseguiu atingir.

O sucessor de Adicta é êxito na plataforma digital, estando presente em mais de 18 playlists em todo o mundo, com destaques para “Bailando“, “Baila Reggeaton” e “Êxitos MX.

Pois bem, na última quinta-feira (8) fomos presenteados com o tão aguardado videoclipe, e ao que tudo indica chegará aos 2 milhões na madrugada deste domingo (11).

Agora vamos analisar as imagens que assistimos. Todo sucesso não vem acompanhado apenas de visualizações, mas também de haters. Claro que número de views não é sinônimo de qualidade, e haters são exatamente aqueles que não possuem argumentos para defender essa tese, e fazem críticas negativas apenas pelo incomodo causado pelo barulho do sucesso em torno de um trabalho profissional.

Faltou coreografia“, “Só tem  boa visualização por se tratar de um feat “. Será? Acredito que não. Não existe um termo assinado que diz que todo clipe de reggaeton tenha que inserir coreografia, e pra quem acompanha a carreira da Maite, pôde ver ela dançando sem parar em Adicta. Não há necessidade de trazer o mesmo e não inovar.

O diretor David Bohorquez, responsável pela gravação de “Loca” preferiu inserir uma história dentro do vídeo que transmitisse aquilo que está escrito na letra da música, além de mostrar o trio em aparições rápidas dançando e cantando o tema em cima de um prédio, aliás, química perfeita esta parceria.

O assunto abordado é o relacionamento abusivo, um pouco polêmico, onde o ator que faz o personagem de namorado da Maite, demonstra uma predominância e um excesso poder sobre ela, porém a cantora se mostra com personalidade, ter força, e que não é um objeto, assim como nenhuma mulher é. Sendo assim, ela busca uma outra relação, e no final os dois rapazes se encontram deixando clima bem tenso como se fosse ter uma briga.

Agora rebatendo aos que acreditam que o motivo das visualizações sejam por conta da parceria feita com Cali & Dandee, esse não é o primeiro video que Maite tem colaboração em sua carreira. Em 2014, a mexicana lançou o vídeo de Todo Lo que Soy com a participação do espanhol Alex Ubago. O desempenho poderia sim ter sido o mesmo, o clipe é lindo e leve, porém não teve a mesma repercussão do single atual.

Outro exemplo é da canção Mi pecado que Maite Perroni cantou com a banda mexicana Reik há 7 anos atrás. Pelo tempo de lançamento, ao comparar com as views que a estrela atinge hoje, é pouco. Na nossa última checagem, o clipe havia sido reproduzido 14.833.534 vezes, então essa história do número de “Loca” ser por conta de parceria é um equivoco, basta aceitar. Assim como Maite Perroni, e a dupla Cali & Dandee comemoraram em suas redes sociais na primeira noite após o lançamento, nós do Latinos Brasil ficamos felizes pelo sucesso.

 

Assista “Loca” e se prepare para comemorar os 2 milhões logo menos.