Connect with us

Precisamos falar sobre a intolerância dos seguidores da Anahí

Precisamos Falar Sobre

Precisamos falar sobre a intolerância dos seguidores da Anahí

Intolerância. Intolerância segundo o dicionário é o mesmo que ausência de tolerância, característica que corresponde a falta de compreensão ou aceitação em relação a algo. Pois bem, esse é o tema que irei abordar na coluna hoje, um tema um pouco delicado, mas que não deveria ser.

Para muitos seguidores da cantora e atriz Anahí, falta aceitação em sua decisão de se dedicar a família e largar por tempo indeterminado sua carreira de artista. Como todos sabemos, a mexicana é casada com Manuel Velasco, o atual governador do estado de Chiapas, no México. A artista já vêm recebendo muitas críticas por parte de alguns fãs,  mesmo antes de ter lançado o álbum Inesperado em 2016. Houve inclusive rumores de que Velasco não permitia que Anahí seguisse a carreira para não comprometer o cargo político.

Nesta semana, a artista esteve presente em um dos eventos político junto com seu marido, e levou o pequeno Manu, filho de ambos. Sendo assim, inevitáveis fotos e vídeos foram publicados na internet, inclusive na página oficial do Facebook do governador. Em uma dessas imagens, a criança que acaba de completar 7 meses aparece chorando no colo da mãe, motivo qual levou alguns seguidores da artista a problematizar a situação e criticar a atitude da eterna Mia Colucci.

 

A coragem virtual, e a covardia real é algo que acontece todos os dias, basta dar uma olhada nos comentários de alguns portais sobre famosos, ou as vezes nem precisa ser com essa temática, mas ainda assim, as chances de você se deparar com discurso de ódio são de 90%, e o alvo nem sempre é a pessoa pública, muitas vezes a briga começa entre as pessoas que estão comentando por causa de opiniões diferentes.

Exemplos como as atrizes Larissa Manoela e Maísa estão aí como prova de como muitos internautas perderam a noção das coisas. Larissa, antes mesmo dos 15 anos, e até hoje é alvo de críticas. Muitos a chamam de “rodada”, termo chulo usado devido aos namoros que a artista já teve sendo nova. Desde criança ela que tem que lidar com pessoas que tem idade para ser pais dela, e que não se limitam em ofendê-la por trás do computador ou celular. Do outro lado temos a Maísa, que sempre diz o que pensa, e em algumas respostas dadas ao rei da TV brasileira, Silvio Santos, acabou se tornando alvo de algumas pessoas que querem dar educação a ela, porém não demonstram ter tido uma.

Enfim, Anahí assim como inúmeros artistas voltou a ser alvo de ofensas e palavras de baixo calão, e dessa vez foi por simplesmente ter levado o filho que é dela, a um evento do seu marido. O fato da criança chorar foi motivo de alguns seguidores alegarem que ele estava incomodado por estar naquele meio, e que a presença do bebê era apenas para promover o cargo do governador. Será que a artista que hoje é uma mulher, esposa e mãe, precisa mesmo das dicas dadas por trás de uma tela, de pessoas que só estão alí se queixando por simplesmente não terem aceitado algumas decisões feitas pela mexicana? A preocupação seria mesmo com a criação da criança?

Existem fanáticos que propagam informações distorcidas, coisas que surgem apenas nas mentes intolerantes destes membros que podem até prejudicar o legado da mexicana. Vale reiterar que essa atitude pode provocar cada vez mais o afastamento da Anahí nos palcos, pois no dia em que ela decidir voltar a cantar, ela estará cantando também para estes que se dizem fã. Fã não é aceitar tudo o que o ídolo faz, mas é saber respeitar, apoiar, e as vezes também criticar de forma coesa, como uma espécie conselho amigo, e não com ofensas e discursos de ódio.

Os responsáveis pela criação do pequeno Manu são unicamente dos pais, e o Manuel Velasco tem todo o direito de querer levar o filho em suas palestras. Se ele é corrupto ou algo do tipo, é assunto para outro Precisamos falar, mas como ele não é artista, não iremos levar esse assunto pra frente.

Anahí está bem e feliz, mas está de olho em tudo o que os “fãs”dizem, tanto que depois de receber inúmeras críticas ela se sentiu na obrigação de compartilhar uma imagem do bebê no Twitter, dizendo que de início, seu filho ficou assustado, mas que logo depois estava muito feliz, e também deixou claro o quanto ele é amado.

Essa indelicadeza por conta de seguidor como eu havia dito é algo comum, o ex-companheiro de trabalho de Anahí, Alfonso Herrera nesta quinta feira (17),  publicou uma foto de sua esposa fazendo uma cara de reprovação, e na legenda ele explica que ela estava negando que fosse dado cerveja ao pequeno Dan, seu primeiro filho. Uma piada em família, mas que algumas pessoas preferiram distorcer e chama-lo de “otário”. Diariamente o ator também recebe críticas pelo fato de não mostrar o rosto da criança, algo que deve ser respeitado. Quem tem essa mesma postura é a cantora Sandy, que não divulga o rosto de seu filho com Lucas Lima, o Théo. Infelizmente é difícil para algumas pessoas que existam pais que optaram em preservar a imagem dos filhos. Não seria mais fácil torcer para a felicidade dos artistas que admiramos? Pois eles demonstram estarem felizes com suas famílias, e incomoda-los por determinadas atitudes que não são aceitas por uma parcela de pessoas, só resulta nesse show de intolerância.

Voltando a falar da nossa querida ex-RBD, ela tem experiência suficiente de vida, sabe o que faz, independente de sua decisão, faça a gente sentir saudades dela nos palcos, ou não, o mínimo que ela merece é respeito. Aceitar tudo o que ela faz não é obrigação, mas ir até a rede social dela querer disciplinar o filho que não é nosso, também não.

Pra deixar o clima mais leve, admirem essa criança maravilhosa que a Anahí colocou no mundo:

 

 

Continue Reading

Jornalista, amante de séries e filmes. Aquele ouvinte de música latina e sertaneja. Pacífico e observador.

1 Comment

1 Comment

  1. Deusy

    19/08/2017 at 15:28

    Tem muito ser humano imundo, sujos, carentes, se dizem que são fãs mas não aceitam a felicidade dos outros, não tem controle nem da própria vida e vive dando palpites para a vida dos outros. Infelizmente, isso é muito triste de ver, uma sociedade que briga por igualdade e ainda se ver tanto ódio distribuido por todos os lados.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Precisamos Falar Sobre

To Top