Precisamos Falar Sobre a Animação Steven Universo

  Steven Universo é uma animação lançada no Cartoon Network em 2013, criada pela animadora, compositora e diretora Rebecca Sugar. Já foi indicado a seis prêmios, tendo como mais recente o Emmy 2018 como Melhor Animação. Você deve estar se perguntando o que um desenho animado pode ter de tão importante para merecer sua atenção.. Bom, a resposta está nos diversos assuntos que são abordados no decorrer da animação.

  O primeiro assunto já é abordado na apresentação do protagonista, o herói Steven Universo, que uma criança de 13 anos, baixinho, gordinho, de cabelo cacheado e com o maior coração que alguém poderia ter. Esse personagem vem para acabar com o estereótipo de herói imposto pela mídia, principalmente para as crianças. Não é um homem enorme, com corpo cheio de músculos, com cabelo liso e que resolve tudo com lutas e sua força física. Justamente ao contrário Steven sempre busca o caminho do diálogo e compreensão, ele acredita no melhor de cada um, que todo mundo pode mudar, ele se coloca no lugar do outro.

  Apesar de todo clima de paz que o protagonista compartilha, o desenho e repleto de ação, a qual é entregue pelas Crystal Gems, que são as outras três personagens principais. Garnet é a atual líder do grupo, sendo a mais alta, forte e sábia devido ao seu poder de prever o futuro. Pérola é a mais cuidadosa e calculista tanto em questões de batalha quanto no assunto cuidar do Steven. E por fim temos a Ametista que é a “Gem” mais nova das três, com um espírito rebelde e energético, acaba se parecendo com uma irmã mais velha para o Steven. Elas são o que sobrou de um exército de poderosas alienígenas que protegem a terra há séculos, comandadas pela mãe do Steven Universo, Rose Quartzo. Após o sacrifício de sua líder elas dedicam sua vida a proteger não só a terra das ameaças que restaram da guerra, mas também o filho de sua líder que herdou seus poderes e sua vontade de tornar o mundo um lugar mais seguro.

  Em todo esse convívio de alienígenas e humanos temas sérios presentes em nossa sociedade vão sendo abordados com uma sutileza e normalidade absurda. A diversidade e aceitação estão fortemente presentes em toda história, onde é passado que é necessário o amor próprio para se aceitar e aceitar o outro como ele é, e ver que cada um é perfeito do seu jeito e ninguém pode dizer o contrário.

São abordados também relacionamentos LGBTQ’s, mas, em nenhum momento isso é rotulado ou é causa de estranheza entre os personagens, o relacionamento vem explicar o que é o amor e como ele é construído e pode ser resposta para tudo. A contraponto é trazido o relacionamento abusivo, o quão ele pode ser destrutivo às pessoas que estão nele e para as que estão ao seu redor.

Além disso, também são abordados o assédio, depressão e a ansiedade por parte dos adolescentes presentes no desenho. Um grande empoderamento feminino, uma vez que a grande parte das protagonistas são mulheres e mesmo o Steven tem suas melhores qualidades relacionadas à sua mãe. Existem questões transgêneras devido à mudança e junção de corpos que as “Gems” são capazes de realizar. Quebra de estereótipos masculinos e femininos, onde os garotos podem sim ser sensíveis, a roupa não possui ou dita gênero, meninas podem ter meninos como melhores amigos, você pode ser quem quiser, a hora que quiser. E por fim e o tema mais importante que a série traz: O amor sempre vence.

 A animação acaba de ter sua 5ª temporada lançada, acarretando inúmeras teorias e surpresas por partes dos fãs, foi lançado também o teaser de seu filme que ainda não possui data. Para você que se interessou, todos esses assuntos não são abordados logo de cara no desenho, então ao começar, seja paciente com o amável Steven Universo.

Comentários