Morreu Fernando Gaitán, o criador da novela “Betty, A Feia”

Fernando Gaitán, o criador da novela Betty, A Feia, faleceu na última quarta-feira (30), em Bogotá, a capital da Colômbia, em decorrência de um infarto.

Betty, A Feia, foi a telenovela mais conhecida de Fernando, que tinha 58 anos, e ocupa o livro Guinnes World Records, desde 2010, como a novela mais bem sucedida de todos os tempos. Para se ter uma ideia, a obra foi transmitida em mais de 120 países e contou com 28 remakes, incluindo o mexicano, que levou o nome de La Fea Más Bella e ficou bastante conhecido aqui no Brasil com Jaime Camil e Angelica Vale nos papeis principais.

Isso sem contar com a releitura que ele mesmo fez para o teatro há dois anos, contando com a participação dos atores originais da novela e uma tour que passou por vários países da América Latina.

Além desse grande sucesso, Fernando Gaitán foi responsável pela telenovela Café, com aroma de mulher, que foi transmitida pelo SBT três vezes: a primeira em 2001, a segunda em 2005, e a mais recente em 2014.

Há alguns dias, Gaitán tinha firmado um contrato com a Sony, que produz novelas no país para importação, e se tornado o principal autor de novelas da empresa e tinha vários planos para esse ano. “Suas idéias originais geraram produtos de televisão tão cativantes e histórias tão fantásticas que falavam com uma audiência muito grande”, comentou Ana Bond, vice-presidente e diretora executiva de produções internacionais na América Latina e no mercado hispânico dos EUA da Sony, ao lamentar o falecimento de Fernando Gaitán.

Foto destaque: Divulgação

LEIA MAIS:

Gabriela Spanic confirma presença em nova série da Netflix 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *