Mesmo com o país em crise, compositores venezuelanos continuam positivos

Foto em destaque: Servando Primera, um dos cantores venezuelanos que também são compositores e colaboraram nesta nova geração.

 

Por causa da crise que a Venezuela vem experimentando nos últimos anos, muitos dos artistas e produtores do país foram forçados a buscar um futuro melhor fora de suas fronteiras.

“Neste momento a Venezuela precisa e merece ser reconhecida também pelo lado positivo”, diz Servando Primera , que através do  Instagram  homenageou o trabalho de seus colegas compositores em um post que ele chamou de  La Nueva Ola Venezolana (a nova onda venezuelana) que levou a Billboard a pesquisar sobre compositores venezuelanos.

View this post on Instagram

LA NUEVA OLA VENEZOLANA. . . Quiero compartir con ustedes, lo que opino sobre este nuevo ciclo musical histórico que estamos viviendo mundialmente. . . Con mi respeto y amor de siempre a todas las naciones, esto no lo hago por patriotismo subjetivo, sino porque es una realidad tangible, en este momento Venezuela necesita y merece ser reconocida también por su lado positivo, se que nos falta mucho camino aún, pero como he dicho alguna vez… Pasos de duende, huellas de gigantes. 🌊🙏🏻🇻🇪💚✊🏼 #lanuevaolavenezolana . . [S.P] @yasmilmarrufo @ferosoriomusic @florentinoprimera @gustavodudamel @silveriolozada @caceresmusica @franksantofimio @enderthomas @atellamusic @oscarcitomundo @reggiautentico @sandinocantor @c4trio @elpumaoficial @astridceleste @karinalavoz @ilan_chester @ricardomontaner @jorgeluischacin @yordanodimarzo @oscardleon @porfibaloa @francodevita @oficialguaco @ronaldborjas @nellarojasm @claudiaprieto77 @sanluisoficial @djdaleplay @mctematico @mauyricky @chynomiranda @nacho @rei_armas2017 @apacheoficial @sibilino19 @motiffmusic @mcklopediaoficial @akapellahh @neutropimp @jeeiph @microtdh @amgsinvisibles @lavidaboheme @rawayana @losmesoneros @viniloversus @caramelosdecianuro @dannocean @lassomusica @omarkoonze @melodiaperfect @mundodeplastilinadejosue @juanmiguelmusic @marko @eduardoosorio_ @ranieropalm @matheusdiez @sixtorein @victormunozvzla @victordrija @gustavoelis @jonathanmoly @eudisruiz @musiana @vitaesmusica @wizzmer @pedritosandovaloficial @edgar_silvaoficial @danielduran4 @nunodirector (Disculpen si se me escapa etiquetar alguien en particular, afortunadamente son muchos haciendo cosas buenas, aunque no aparezcan sus nombres igualmente son parte de la nueva ola, por favor etiquétenlos ✊🏼 🌊)

A post shared by (Nueva Cuenta) 🇻🇪 (@servandoprimera) on

Antes de Nicolas Maduro assumir o poder na Venezuela, era possível que compositores e produtores tivessem uma vida decente criando música apenas dentro da Venezuela. Havia estabelecimentos e artistas suficientes para apoiar a indústria. É por isso que o mundo exterior não sabia muito sobre eles, ou pelo menos não para o nível que eles fazem agora.

“Tudo começou há três anos”, diz Oscarcito  (nome real Oscar Eduardo Hernández), que é o compositor por trás de “Está Rico”, de Marc Anthony, Will SmithBad Bunny . “Fomos forçados a emigrar e levar nosso talento para outros lugares”, diz Oscarcito, que se mudou para Miami. Esse talento se traduziu em grandes sucessos.

“Os compositores venezuelanos demonstraram ter o talento, a versatilidade e a sensibilidade para escrever uma balada, aventurar-se no gênero regional mexicano ou invadir o gênero urbano com seu mal-estar e senso de humor”, diz Francisco Granados , da A & R. Diretor da Sony ATV que trabalha diretamente com a nova onda de compositores venezuelanos como Oscarcito, Mario Cáceres, Servando Primera e Mau y Ricky.

Um catalisador para os compositores venezuelanos foram os chamados Sony Secret Sessions , que foram liderados em parte pelo venezuelano Alejandro Reglero (que também é irmão de Mau & Ricky e filho de Ricardo Montaner). As sessões permitiram que muitos compositores e produtores vindos da Venezuela criassem músicas para os hitmaking de Enrique Iglesias, Jennifer Lopez, Marc Anthony, Karol G e Becky G. No total, 12 músicas escritas por venezuelanos entraram no final de ano da Billboard no Hot Latin Songs. carta para 2018, incluindo “El Anillo” de Jennifer Lopez (nº 44) “Mi Cama” de Karol G (nº 29) e “Amigos Con Derecho” (nº 81) de Reik e Maluma.

“Ter uma música na Billboard é um sonho para qualquer compositor – é um sinal de aceitação do público”, diz o compositor Yasmil Marrufo. “Quando seu nome aparece na lista, você começa a receber ligações de empresas, de artistas, sem parar. , todo mundo quer trabalhar com você “.

“É comum ouvir em uma reunião de repertório, que tanto os artistas quanto seus selos querem uma música ou agendar uma sessão de composição com esses autores que chamamos de ‘Los Avengers'”, acrescenta Granados – que diz que o grupo de compositores venezuelanos dadas as oportunidades para novos talentos, como no caso de DJDalePlay, que é assinado com Warner Chappell.

“Acho que devemos dar esse bom exemplo e começar a reconhecer o nosso lado positivo”, conclui Servando Primera. “É verdade que há escuridão no momento, mas uma faísca pode acender uma montanha.”

Confira uma lista das últimas canções de sucesso escritas por venezuelanos:

Sofia Reyes feat. Jason Derulo e De La Ghetto, “1,2,3” (Sofia Reyes, Jason Derulo, De La Ghetto, Nicole Zignago, Ricardo Montaner , Jon Leone e Charlie Guerrero)

Reik & Maluma, “Amigos com Derecho” (Julio Ramirez, Maluma, Servando Primera)

Jennifer Lopez, “El Anillo” (Edgar “Edge” Barrera, Andrés Castro, Oscar “Oscarcito” Hernández e Jesús “DalePlay” Herrera)

Maluma, “Felices los 4” (Maluma, Primera Servando , Mario Cáceres e Miky La Sensa)

Karol G, “Mi Cama” (Andy Clay, Antonio Rayo, Karol G, Omar Sabino e René David Cano Ríos)

Becky G & Natti Natasha, “Sin pijama” (Rebeca Gomez; Natalia Gutiérrez; Nate Campany; Kyle Shearer; Ramón Ayala; Gabriel Rivera;  Ricky Montaner , Mau Montaner , Jon Leone; Camilo Echeverry)

Silvestre Dangond e Natti Natasha, “Justicia” (Roland Valbuena Jr., Mario Cáceres)

Becky G feat. Bad Bunny, “Mayores” ( Mario Cáceres , Servando Primera , Saul Castillo, Bad Bunny, Patrick Ingunza)

Thália feat. Natti Natasha, “No Me Acuerdo” ( Oscar Hernández , Mario Cáceres , Jon Leone, Frank Santofimio e Yasmil Marrufo)


Fonte: Billboard.com
Tradução: Ricardo Alexandre
Avatar

Formado em jornalismo, amante de séries e filmes. Ouvinte de música latina e sertaneja. Pacífico e observador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *