A cantora Claudia Leitte se apresentou na capital sergipana no último sábado (14/07) com a “Prainha da Claudinha“, no La Playa Music Bar, mostrando que quando sobe no palco ela não está para brincadeira. A loira, num show de 2 horas e 45 minutos, fez do palco uma grande praia, aliás era uma praia mesmo, com palco de areia e grandes folhas brancas, o cenário ganhava um ar praiano muito confortável e lindo de se ver. Claudia em todo o show esteve com os pés descalços em contato direto com a areia, mostrando o quão intimista é o seu novo projeto.

Palco “Prainha da Claudinha”em Aracaju

O show foi dividido em duas partes: uma mais intimista, com músicas acústicas e alguns covers, e uma parte mais elétrica contando com inúmeros hits da cantora. Ao todo foram cerca de 47 músicas no repertório, como “Oceano” de Djavan; “Perdi a Minha Paz” da época do Babado Novo; “Pode Ter”, e o mais novo lançamento da cantora, “Vou à Marte”.

A Fita Produções, produtora do evento, cuidou – com louvor-  da organização, com bastante segurança e conforto ao público.

Claudia Leitte

Logo no início do show, Claudia fez questão de fazer uma homenagem ao seu diretor Luciano Pinto, o qual fazia aniversário naquele dia. Ela e seu marido, Márcio Pedreira, trouxeram à Aracaju o filho de Luciano, Lucas Deluti, que cantou a música “Sorri, sou rei” junto a ela. Além disso, houve outra participação especial em seu show, a loira trouxe ao palco o candidato sergipano do The Voice Kids, Marcos Prata. Juntos cantaram “Bola de Sabão”.

Dessa vez Claudia não veio sozinha para Aracaju, seu pai (Claudio Inácio) e seu marido também estiveram presentes no show e caminharam pelo público mostrando muita simpatia e simplicidade.

Claudio Inácio (pai de Claudia Leitte)

A cantora demonstrou  o seu carisma e carinho com o público e disse “Eu vou dizer uma coisa em retribuição à tudo que vocês fazem por mim. Nunca na vida – você que está lá no fundão, você que está aqui conseguindo me enxergar direito, ouça o que eu vou te falar. Nunca permita que ninguém te trate como se você fosse inferior ou menor. Porque tem Deus lá em cima que te ama e tem uma cantora que em todo palco que vai sempre faz isso por amor à você. Sempre! Rapaz eu preciso de você, eu te amo, de verdade.”

Em um momento do show, Claudia, ao avistar na plateia, chamou a Drag Queen sergipana que faz cover seu, Ágata estava usando um figurino igual ao da atual Tour de Claudia. Juntas elas dançaram, trocaram elogios e agradecimentos, e ainda mostraram o quanto estavam conectadas em cima do palco. Ágata não obteve esforços para mostrar o quanto é agradecida por ter Claudia em sua vida e logo disparou “Alguns amigos me perguntam por que eu não vou fazer cover da Beyoncé, por que eu não vou fazer cover da Lady Gaga. Aí eu falei ‘Bicha, eu não preciso sair do país para ter uma artista perfeita em casa e que me valoriza, não só pela pessoa, independente da minha orientação sexual e que me abraçou de uma forma ímpar’. Vocês acham que seu eu fizesse cover da Beyoncé ela faria o que ela (Claudia) faz comigo? Nunca!”

Ágata e Claudia Leitte

“Nesses anos que vêm passando eu tenho crescido sob o olhar de vocês. Vocês fazem com que eu me sinta flutuando aqui em cima, mágica!” Finalizou a cantora. Ao fim do show só restou um único sentimento: realização. O que se espera pela população aracajuana é que o retorno de Claudia Leitte á “Aracajíves” (apelido carinhoso dado pela cantora à Aracaju) é que ela retorne o quanto antes.

Confira alguns vídeos do show: